PROTOCOLO DE INTENÇÕES: Empresa chinesa é autorizada a analisar projeto da ponte Salvador-Itaparica

Da redação
Atualizado em 09/01/2017 às 19:10
Foto: Divulgação Seplan

O governador Rui Costa recebeu representantes da estatal China Road and Bridge Corporation (CRBC), uma das quatro maiores do país asiático, nesta segunda-feira (9/1), no Palácio de Ondina, para assinar protocolo de intenções para construção da ponte Salvador-Itaparica. A minuta do documento foi finalizada no último fim de semana e é resultado de um longo processo para a viabilização do projeto.

“É um investimento bastante expressivo. Estamos falando de algo em torno de R$ 7 bilhões. O que acabamos de assinar é um documento que autoriza a estatal chinesa a fazer os estudos necessários sobre a ponte. Durante um prazo de seis meses, eles analisarão detalhadamente o projeto arquitetônico, estrutural e financeiro. Após esses estudos, poderão bater o martelo sobre quanto custará a ponte e qual é a modelagem econômica e financeira para o projeto”, explicou Rui.

LEIA MAIS: AGORA VAI?”: Chineses se reúnem com governo para tratar da construção Salvador/Ilha

A CRBC irá enviar uma equipe para avaliar as condições ambientais que envolvem a obra e reestudar o projeto. “É uma empresa de grande porte, com muita experiência e tecnologia. Atualmente, das dez maiores pontes que estão sendo construídas no mundo, eles estão construindo cinco”, acrescentou o governador.

O vice-governador e secretário do Planejamento do Estado, João Leão, destacou outro projetos que integram o acordo, como “a duplicação dos trechos que ligam Bom Despacho até Santo Antônio de Jesus e Nazaré até Valença. O objetivo é levar um grande desenvolvimento para essa região, com geração de empregos”.

Acompanhe nossas transmissões ao vivo e conteúdos exclusivos na página  facebook.com/aratuonline e também pelo youtube.com/televisaoaratu.

Rua Pedro Gama, 31, Federação. Tel: 71 3339-8088 - Salvador - BA

PROTOCOLO DE INTENÇÕES: Empresa chinesa é autorizada a analisar projeto da ponte Salvador-Itaparica

Fonte: Da redação
Atualizado em 09/01/2017 às 19:10

O governador Rui Costa recebeu representantes da estatal China Road and Bridge Corporation (CRBC), uma das quatro maiores do país asiático, nesta segunda-feira (9/1), no Palácio de Ondina, para assinar protocolo de intenções para construção da ponte Salvador-Itaparica. A minuta do documento foi finalizada no último fim de semana e é resultado de um longo processo para a viabilização do projeto.

“É um investimento bastante expressivo. Estamos falando de algo em torno de R$ 7 bilhões. O que acabamos de assinar é um documento que autoriza a estatal chinesa a fazer os estudos necessários sobre a ponte. Durante um prazo de seis meses, eles analisarão detalhadamente o projeto arquitetônico, estrutural e financeiro. Após esses estudos, poderão bater o martelo sobre quanto custará a ponte e qual é a modelagem econômica e financeira para o projeto”, explicou Rui.

LEIA MAIS: AGORA VAI?”: Chineses se reúnem com governo para tratar da construção Salvador/Ilha

A CRBC irá enviar uma equipe para avaliar as condições ambientais que envolvem a obra e reestudar o projeto. “É uma empresa de grande porte, com muita experiência e tecnologia. Atualmente, das dez maiores pontes que estão sendo construídas no mundo, eles estão construindo cinco”, acrescentou o governador.

O vice-governador e secretário do Planejamento do Estado, João Leão, destacou outro projetos que integram o acordo, como “a duplicação dos trechos que ligam Bom Despacho até Santo Antônio de Jesus e Nazaré até Valença. O objetivo é levar um grande desenvolvimento para essa região, com geração de empregos”.

Acompanhe nossas transmissões ao vivo e conteúdos exclusivos na página  facebook.com/aratuonline e também pelo youtube.com/televisaoaratu.