POLÊMICA: Gilberto Gil processa homem que o chamou de “macaco filho da p***”

Da redação
Atualizado em 28/12/2016 às 11:31
Foto: Reprodução internet

Gilberto Gil termina o ano de 2016 exigindo justiça. O cantor baiano de 74 anos vai processar um homem que, em um comentário nas redes sociais, o chamou de “macaco filh*** d** p***”. A ofensa está ligada a uma notícia falsa, publicada no site Pensa Brasil, da Rede Brasil, e no Facebook, de que Gil teria criticado o juiz federal Sério Moro, principal condutor dos processos judiciais da operação Lava Jato.

Segundo o boato, o baiano teria chamado Moro de “juiz fajuto”. Nos comentários da notícia falsa, Hernandes dos Reis xingou o cantor. O colunista Ancelmo Góis, do jornal O Globo, publicou que Gil conseguiu uma liminar no Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro para que tanto a rede social quanto o site retire, imediatamente, as informações erradas do ar.

Acompanhe nossas transmissões ao vivo e conteúdos exclusivos na página facebook.com/aratuonline e também pelo youtube.com/televisaoaratu.