NOCAUTE BAIANO: Famoso ator global promove evento de lutas e elogia participação baiana

Da redação
Atualizado em 20/04/2017 às 19:07
NOCAUTE BAIANO: Famoso ator global promove evento de lutas e elogia participação baiana Foto: Nocaute Baiano

Do Nocaute Baiano, parceiro do Aratu Online

Após estreia apoteótica no Rio de Janeiro, no ano passado, o Fight 2 Night (F2N) terá a sua segunda edição realizada em Foz do Iguaçu (Paraná), no dia 28 de abril, no Rafain Palace Hotel – e segura que, até o final do ano, devem ter mais três edições pelo Brasil. O card dessa contará com dois atletas baianos: Virna “Carcará” Jandiroba, que está na segunda colocação dos palhas, no Ranking Nacional de MMA; e Júnior Orgulho, que vai participar da competição pela primeira vez.

Bruno Gagliasso é o promotor do evento

Virna, que participou da estreia do evento, volta nesta segunda edição no card principal para enfrentar Ericka Almeida, ex-UFC (Ultimate Fighting Championship). Segundo Bruno Gagliasso, promotor do Fight 2 Night, o que motivou a participação da baiana novamente foi “TALENTO” — assim mesmo, em letras maiúsculas, o ator respondeu ao Nocaute Baiano, e completou: “Ela merece, e queremos ela na segunda edição como também queremos ela brilhando no UFC ou onde ela quiser”.

De acordo com Gagliasso, o evento não pretende credenciar os atletas para o UFC. A intenção é mostrar ao país e ao mundo que o MMA é um esporte e merece ser respeitado. “A ideia surgiu da paixão que meu sogro, Roberto Baldacconi, e eu temos pelo esporte, e da vontade de criar um evento diferente dos que existem hoje no Brasil. Queremos fomentar o esporte, revelando novos talentos. Nosso objetivo é que homens e mulheres curtam uma verdadeira experiência. Por isso, pensamos em algo democrático que misturasse esporte, música e diversão, agradando diversos públicos e criando um novo modelo de evento”, comenta. A competição será seguida de uma festa, com apresentações da banda Jota Quest e do trio de DJs Make U Sweat.

Virna vai lutar com ex-UFC

Natural de Serrinha (BA), Virna afirma que está animada para essa peleja. “Estou confiante. Fiz um bom camp, tive ao meu lado pessoas que confio bastante e treinei com atletas de características diferentes. Então, posso dizer que fui exposta a muitas coisas. Cada dia mais busco me profissionalizar e trabalhar com ciência. Tenho certeza que vamos alcançar os nossos objetivos. O foco é chegar ao UFC. Quero ter a oportunidades de lutar com as melhores do mundo. Mas também quero salientar a grandiosidade do Fight 2 Night. Estou muito feliz por estar lá novamente”, revela.

Segundo a baiana, a estrutura e a organização são de máxima qualidade. “Os atletas são muito bem tratados. Somos cuidados como se fossemos as estrelas do evento e isso é muito importante para nós. Esse tratamento deveria ser regra em todos os eventos de MMA”, frisa.

A luta principal da noite será protagonizada pelo o brasileiro Luiz Banha e o americano Matt Hamill, ambos com longa passagem pelo UFC. O evento será transmitido ao vivo pelo Canal Combate.

Grand Prix meio-médios

Uma novidade desta segunda edição é o Grand Prix (GP) no peso meio-médio (77 kg). Oito lutadores só conhecerão seus adversários no dia da pesagem, na véspera do evento. Os vencedores se encontrão nas próximas edições do Fight 2 Night, até que os finalistas se encarem pelo cinturão no último evento do ano.

O baiano Júnior Orgulho participará do GP e está confiante quanto ao seu desempenho. “Eu acredito ser um atleta completo. Onde a luta desenrolar, eu vou saber lutar e ser competitivo, sempre atrás dos melhores momentos da luta e sempre com o objetivo de encerrar o combate.

O Matchmaker do F2N, Tiago Okamura, explica que o sorteio do GP é baseado em uma metodologia que foi utilizada no Japão, nos anos 90 e começo da década de 2000, pelo evento de trocação K-1. “O sorteio não é um simples e aleatório, onde apenas a sorte dita o casamento das lutas. Ele envolve sorte e muita estratégia, já que indica a ordem em que os atletas escolherão suas posições nas chaves”, esclarece.

Assim, os atletas podem, estrategicamente, escolher onde se encontram nas chaves; em alguns casos, definir os oponentes diretos do dia seguinte ou até mesmo manter-se afastados dos que consideram mais perigosos. “Isso cria uma dinâmica muito interessante para o público e para a mídia, já que o casamento das lutas é, em parte, feito pelos próprios atletas”, frisa Okamura.

Se ligue no card

CARD PRINCIPAL:
Peso-meio-pesado: Luiz Banha x Matt Hamill
Peso-médio: Paulo Thiago x Fayçal Hucin
Peso-palha: Virna Jandiroba x Ericka Almeida
Peso-leve: Killys Mota x Akihiro Gono

CARD PRELIMINAR:
Peso-palha: Jhonata Silva x Victor Carvalho
Peso-palha: Marina Alcalde x Samara Marituba

GP PESO-MEIO-MÉDIO (sorteio das lutas no dia da pesagem):
William Patolino
Luiz Cado
Junior Marques
Handesson Ferreira
Edi de Castro
Junior Orgulho
Matias Juárez
Jorge Laterra

Carcará manda recado

Rua Pedro Gama, 31, Federação. Tel: 71 3339-8088 - Salvador - BA

NOCAUTE BAIANO: Famoso ator global promove evento de lutas e elogia participação baiana

Fonte: Da redação
Atualizado em 21/04/2017 às 0:39
NOCAUTE BAIANO: Famoso ator global promove evento de lutas e elogia participação baiana

Do Nocaute Baiano, parceiro do Aratu Online

Após estreia apoteótica no Rio de Janeiro, no ano passado, o Fight 2 Night (F2N) terá a sua segunda edição realizada em Foz do Iguaçu (Paraná), no dia 28 de abril, no Rafain Palace Hotel – e segura que, até o final do ano, devem ter mais três edições pelo Brasil. O card dessa contará com dois atletas baianos: Virna “Carcará” Jandiroba, que está na segunda colocação dos palhas, no Ranking Nacional de MMA; e Júnior Orgulho, que vai participar da competição pela primeira vez.

Bruno Gagliasso é o promotor do evento

Virna, que participou da estreia do evento, volta nesta segunda edição no card principal para enfrentar Ericka Almeida, ex-UFC (Ultimate Fighting Championship). Segundo Bruno Gagliasso, promotor do Fight 2 Night, o que motivou a participação da baiana novamente foi “TALENTO” — assim mesmo, em letras maiúsculas, o ator respondeu ao Nocaute Baiano, e completou: “Ela merece, e queremos ela na segunda edição como também queremos ela brilhando no UFC ou onde ela quiser”.

De acordo com Gagliasso, o evento não pretende credenciar os atletas para o UFC. A intenção é mostrar ao país e ao mundo que o MMA é um esporte e merece ser respeitado. “A ideia surgiu da paixão que meu sogro, Roberto Baldacconi, e eu temos pelo esporte, e da vontade de criar um evento diferente dos que existem hoje no Brasil. Queremos fomentar o esporte, revelando novos talentos. Nosso objetivo é que homens e mulheres curtam uma verdadeira experiência. Por isso, pensamos em algo democrático que misturasse esporte, música e diversão, agradando diversos públicos e criando um novo modelo de evento”, comenta. A competição será seguida de uma festa, com apresentações da banda Jota Quest e do trio de DJs Make U Sweat.

Virna vai lutar com ex-UFC

Natural de Serrinha (BA), Virna afirma que está animada para essa peleja. “Estou confiante. Fiz um bom camp, tive ao meu lado pessoas que confio bastante e treinei com atletas de características diferentes. Então, posso dizer que fui exposta a muitas coisas. Cada dia mais busco me profissionalizar e trabalhar com ciência. Tenho certeza que vamos alcançar os nossos objetivos. O foco é chegar ao UFC. Quero ter a oportunidades de lutar com as melhores do mundo. Mas também quero salientar a grandiosidade do Fight 2 Night. Estou muito feliz por estar lá novamente”, revela.

Segundo a baiana, a estrutura e a organização são de máxima qualidade. “Os atletas são muito bem tratados. Somos cuidados como se fossemos as estrelas do evento e isso é muito importante para nós. Esse tratamento deveria ser regra em todos os eventos de MMA”, frisa.

A luta principal da noite será protagonizada pelo o brasileiro Luiz Banha e o americano Matt Hamill, ambos com longa passagem pelo UFC. O evento será transmitido ao vivo pelo Canal Combate.

Grand Prix meio-médios

Uma novidade desta segunda edição é o Grand Prix (GP) no peso meio-médio (77 kg). Oito lutadores só conhecerão seus adversários no dia da pesagem, na véspera do evento. Os vencedores se encontrão nas próximas edições do Fight 2 Night, até que os finalistas se encarem pelo cinturão no último evento do ano.

O baiano Júnior Orgulho participará do GP e está confiante quanto ao seu desempenho. “Eu acredito ser um atleta completo. Onde a luta desenrolar, eu vou saber lutar e ser competitivo, sempre atrás dos melhores momentos da luta e sempre com o objetivo de encerrar o combate.

O Matchmaker do F2N, Tiago Okamura, explica que o sorteio do GP é baseado em uma metodologia que foi utilizada no Japão, nos anos 90 e começo da década de 2000, pelo evento de trocação K-1. “O sorteio não é um simples e aleatório, onde apenas a sorte dita o casamento das lutas. Ele envolve sorte e muita estratégia, já que indica a ordem em que os atletas escolherão suas posições nas chaves”, esclarece.

Assim, os atletas podem, estrategicamente, escolher onde se encontram nas chaves; em alguns casos, definir os oponentes diretos do dia seguinte ou até mesmo manter-se afastados dos que consideram mais perigosos. “Isso cria uma dinâmica muito interessante para o público e para a mídia, já que o casamento das lutas é, em parte, feito pelos próprios atletas”, frisa Okamura.

Se ligue no card

CARD PRINCIPAL:
Peso-meio-pesado: Luiz Banha x Matt Hamill
Peso-médio: Paulo Thiago x Fayçal Hucin
Peso-palha: Virna Jandiroba x Ericka Almeida
Peso-leve: Killys Mota x Akihiro Gono

CARD PRELIMINAR:
Peso-palha: Jhonata Silva x Victor Carvalho
Peso-palha: Marina Alcalde x Samara Marituba

GP PESO-MEIO-MÉDIO (sorteio das lutas no dia da pesagem):
William Patolino
Luiz Cado
Junior Marques
Handesson Ferreira
Edi de Castro
Junior Orgulho
Matias Juárez
Jorge Laterra

Carcará manda recado

Bruno Gagliasso evento Fight 2 Night Jota Questa MMA UFC Virna Jandiroba