LAUDO: Pane seca provocou a queda do avião com Huck e Angélica, diz Aeronáutica

Uol
Atualizado em 21/04/2017 às 10:06
LAUDO Pane seca provocou a queda do avião com Huck e Angélica, diz Aeronáutica Foto: Reprodução internet

Os peritos da Aeronáutica concluíram que uma pane seca provocou o acidente com o avião que transportava os apresentadores Luciano Huck e Angélica, em maio de 2015. As informações foram divulgadas na noite desta última quinta-feira (20/4).

De acordo com o relatório, o motor esquerdo da aeronave parou de funcionar com 35 minutos de voo. O documento concluiu que o tanque da asa esquerda tinha no máximo 160 litros de combustível e não  350 litros, conforme indicado no “liquidômetro”, um equipamento que marca a quantidade do combustível. Os sensores foram instalados em posições trocadas e, assim, enviavam informações erradas ao painel de controle.

O laudo diz ainda que a tripulação poderia ter resolvido o problema –trazendo combustível do outro tanque, por exemplo–, mas que o piloto não seguiu os procedimentos de emergência para pane de motor e que ele não tinha treinamento para pilotar aquele avião.

O avião, modelo Embraer 820C, que transportava Luciano Huck, Angélica e os três filhos decolou de Estância Caiman, na cidade de Miranda, e seguia para Campo Grande (MS), em um trajeto de 230 quilômetros, quando sofreu uma falha. O piloto informou os controladores por volta das 11 horas. O avião fez um pouso de emergência em um pasto a 30 km de distância da capital do Mato Grosso do Sul.

Além da família Huck, estavam a bordo também duas babás, o piloto e o co-piloto. A família foi socorrida e encaminhada para o hospital Santa Casa de Campo Grande, onde recebeu atendimento no setor de ortopedia. Após passarem pelos exames, os apresentadores foram transferidos para o hospital Albert Einstein, em São Paulo. Posteriormente, liberados.

LEIA MAIS: TRISTEZA: Corpo de adolescente que teria participado do “Baleia Azul” é encontrado

Acompanhe nossas transmissões ao vivo e conteúdos exclusivos no www.aratuonline.com.br/aovivo, na página facebook.com/aratuonline e também pelo youtube.com/portalaratuonline

Rua Pedro Gama, 31, Federação. Tel: 71 3339-8088 - Salvador - BA

LAUDO: Pane seca provocou a queda do avião com Huck e Angélica, diz Aeronáutica

Fonte: Uol
Atualizado em 21/04/2017 às 10:08
LAUDO Pane seca provocou a queda do avião com Huck e Angélica, diz Aeronáutica

Os peritos da Aeronáutica concluíram que uma pane seca provocou o acidente com o avião que transportava os apresentadores Luciano Huck e Angélica, em maio de 2015. As informações foram divulgadas na noite desta última quinta-feira (20/4).

De acordo com o relatório, o motor esquerdo da aeronave parou de funcionar com 35 minutos de voo. O documento concluiu que o tanque da asa esquerda tinha no máximo 160 litros de combustível e não  350 litros, conforme indicado no “liquidômetro”, um equipamento que marca a quantidade do combustível. Os sensores foram instalados em posições trocadas e, assim, enviavam informações erradas ao painel de controle.

O laudo diz ainda que a tripulação poderia ter resolvido o problema –trazendo combustível do outro tanque, por exemplo–, mas que o piloto não seguiu os procedimentos de emergência para pane de motor e que ele não tinha treinamento para pilotar aquele avião.

O avião, modelo Embraer 820C, que transportava Luciano Huck, Angélica e os três filhos decolou de Estância Caiman, na cidade de Miranda, e seguia para Campo Grande (MS), em um trajeto de 230 quilômetros, quando sofreu uma falha. O piloto informou os controladores por volta das 11 horas. O avião fez um pouso de emergência em um pasto a 30 km de distância da capital do Mato Grosso do Sul.

Além da família Huck, estavam a bordo também duas babás, o piloto e o co-piloto. A família foi socorrida e encaminhada para o hospital Santa Casa de Campo Grande, onde recebeu atendimento no setor de ortopedia. Após passarem pelos exames, os apresentadores foram transferidos para o hospital Albert Einstein, em São Paulo. Posteriormente, liberados.

LEIA MAIS: TRISTEZA: Corpo de adolescente que teria participado do “Baleia Azul” é encontrado

Acompanhe nossas transmissões ao vivo e conteúdos exclusivos no www.aratuonline.com.br/aovivo, na página facebook.com/aratuonline e também pelo youtube.com/portalaratuonline