FONTE NOVA: Edigar Junio marca dois gols, mas Bahia empata com o Atlético Mineiro


Atualizado em 13/11/2017 às 9:24
FONTE NOVA: Edigar Junio marca dois gols, mas Bahia empata com o Atlético Mineiro Foto: Reprodução/Marcelo Malaquias/Divulgação/ECBahia

Do EC Bahia, parceiro do Aratu Online

O Bahia ficou no empate em 2 a 2 com o Atlético Mineiro, jogando na Fonte Nova, pela 34ª rodada do Campeonato Brasileiro. O jogo foi disputado na noite deste domingo (12/11).

Com o empate em casa, o Esquadrão fica na nona colocação do Brasileirão, mas perde a chance de se aproximar da zona de Libertadores, após tropeços de Flamengo e Vasco. O Esquadrão tem 46 pontos, contra 49 do Vasco e 50 do Flamengo – oitavo e sétimo colocados.

PRIMEIRO TEMPO

Em alta no Brasileirão após vencer os últimos dois jogos, o Bahia entrou em campo empolgado e empurrado pela nação tricolor. Porém, o início de jogo teve domínio atleticano.

GALO ABRE O PLACAR

Logo aos quatro minutos, Robinho recebeu passe em profundidade do meia Valdívia e finalizou na saída de Jean. 1 a 0 para o Galo.

Após abrir o placar, o Atlético ainda fez o arqueiro tricolor trabalhar aos nove minutos, em falta cobrada por Otero, mas bem defendida pela joia do Esquadrão.

Após o bom início do Atlético, o Bahia passou a dominar a posse de bola e a criar oportunidades de empatar a partida ainda na primeira etapa.

Aos 35 minutos, Mendoza teve a melhor chance de gol do Tricolor no primeiro tempo. Após lançamento de Zé Rafael, o colombiano avançou em velocidade, ficou frente à frente com o goleiro Victor, mas falhou na finalização de perna esquerda.

Zé Rafael também teve sua oportunidade de chutar ao gol atleticano, aos 38 minutos, mas de perna esquerda não levou maior perigo ao goleiro adversário.

SEGUNDO TEMPO

Já no segundo tempo, o Bahia voltou para a partida com uma postura mais ofensiva e se lançou ao ataque em busca do empate e possivelmente da virada.

EMPATE TRICOLOR

O empate não demorou a sair. Com mais posse de bola e presença no campo de defesa adversário, o Esquadrão igualou o marcador aos nove minutos, em gol de pênalti sofrido por Zé Rafael e marcado pelo artilheiro Edigar Junio.

Depois de deixar tudo igual no placar, o Tricolor chegou perto de virar logo no minuto seguinte. Após ganhar a bola na saída de jogo do Galo, Mendoza recebeu passe livre na grande área e chutou para defesa de Victor. No rebote, Juninho chutou de longe, mas parou na zaga.

VIRADA COM O ARTILHEIRO

Com o placar igualado e dominante perante ao time mineiro, o Bahia virou o jogo aos 19 minutos. Após cobrança de falta feita por Juninho, Edigar Junio usou seu bom posicionamento e cabeceou no canto do goleiro Victor.

EMPATE DO GALO

Apesar do domínio tricolor em campo, o Atlético Mineiro chegou ao seu segundo gol em um lançamento feito do meio campo para a entrada de Robinho na grande área, por trás dos zagueiros tricolores. Sem marcação, o camisa 7 dominou no peito e chutou sem chances para Jean.

Com a igualdade novamente no placar, as equipes fizeram um jogo franco na reta final. o Bahia fez o goleiro Victor trabalhar em chute de Edigar Junio, aos 34 minutos. Já o Galo respondeu em finalização de Rafael Moura, para defesa de Jean, aos 36.

FIM DE JOGO

A última chance saiu dos pés de Régis, em finalização feita na grande área e que passou perto do gol defendido por Victor. Com isso, cada equipe ficou com um ponto.

LEIA MAIS: Mesmo com expulsão de Soutto, Vitória empata fora de casa e se mantém fora da zona de rebaixamento

Acompanhe nossas transmissões ao vivo e conteúdos exclusivos no www.aratuonline.com.br/aovivo e no facebook.com/aratuonline.

Rua Pedro Gama, 31, Federação. Tel: 71 3339-8088 - Salvador - BA
X

FONTE NOVA: Edigar Junio marca dois gols, mas Bahia empata com o Atlético Mineiro

Fonte:
Atualizado em 13/11/2017 às 9:23
FONTE NOVA: Edigar Junio marca dois gols, mas Bahia empata com o Atlético Mineiro

Do EC Bahia, parceiro do Aratu Online

O Bahia ficou no empate em 2 a 2 com o Atlético Mineiro, jogando na Fonte Nova, pela 34ª rodada do Campeonato Brasileiro. O jogo foi disputado na noite deste domingo (12/11).

Com o empate em casa, o Esquadrão fica na nona colocação do Brasileirão, mas perde a chance de se aproximar da zona de Libertadores, após tropeços de Flamengo e Vasco. O Esquadrão tem 46 pontos, contra 49 do Vasco e 50 do Flamengo – oitavo e sétimo colocados.

PRIMEIRO TEMPO

Em alta no Brasileirão após vencer os últimos dois jogos, o Bahia entrou em campo empolgado e empurrado pela nação tricolor. Porém, o início de jogo teve domínio atleticano.

GALO ABRE O PLACAR

Logo aos quatro minutos, Robinho recebeu passe em profundidade do meia Valdívia e finalizou na saída de Jean. 1 a 0 para o Galo.

Após abrir o placar, o Atlético ainda fez o arqueiro tricolor trabalhar aos nove minutos, em falta cobrada por Otero, mas bem defendida pela joia do Esquadrão.

Após o bom início do Atlético, o Bahia passou a dominar a posse de bola e a criar oportunidades de empatar a partida ainda na primeira etapa.

Aos 35 minutos, Mendoza teve a melhor chance de gol do Tricolor no primeiro tempo. Após lançamento de Zé Rafael, o colombiano avançou em velocidade, ficou frente à frente com o goleiro Victor, mas falhou na finalização de perna esquerda.

Zé Rafael também teve sua oportunidade de chutar ao gol atleticano, aos 38 minutos, mas de perna esquerda não levou maior perigo ao goleiro adversário.

SEGUNDO TEMPO

Já no segundo tempo, o Bahia voltou para a partida com uma postura mais ofensiva e se lançou ao ataque em busca do empate e possivelmente da virada.

EMPATE TRICOLOR

O empate não demorou a sair. Com mais posse de bola e presença no campo de defesa adversário, o Esquadrão igualou o marcador aos nove minutos, em gol de pênalti sofrido por Zé Rafael e marcado pelo artilheiro Edigar Junio.

Depois de deixar tudo igual no placar, o Tricolor chegou perto de virar logo no minuto seguinte. Após ganhar a bola na saída de jogo do Galo, Mendoza recebeu passe livre na grande área e chutou para defesa de Victor. No rebote, Juninho chutou de longe, mas parou na zaga.

VIRADA COM O ARTILHEIRO

Com o placar igualado e dominante perante ao time mineiro, o Bahia virou o jogo aos 19 minutos. Após cobrança de falta feita por Juninho, Edigar Junio usou seu bom posicionamento e cabeceou no canto do goleiro Victor.

EMPATE DO GALO

Apesar do domínio tricolor em campo, o Atlético Mineiro chegou ao seu segundo gol em um lançamento feito do meio campo para a entrada de Robinho na grande área, por trás dos zagueiros tricolores. Sem marcação, o camisa 7 dominou no peito e chutou sem chances para Jean.

Com a igualdade novamente no placar, as equipes fizeram um jogo franco na reta final. o Bahia fez o goleiro Victor trabalhar em chute de Edigar Junio, aos 34 minutos. Já o Galo respondeu em finalização de Rafael Moura, para defesa de Jean, aos 36.

FIM DE JOGO

A última chance saiu dos pés de Régis, em finalização feita na grande área e que passou perto do gol defendido por Victor. Com isso, cada equipe ficou com um ponto.

LEIA MAIS: Mesmo com expulsão de Soutto, Vitória empata fora de casa e se mantém fora da zona de rebaixamento

Acompanhe nossas transmissões ao vivo e conteúdos exclusivos no www.aratuonline.com.br/aovivo e no facebook.com/aratuonline.