CAJAZEIRAS: Polícia divulga foto de um dos oito suspeitos de terem matado costureira

Da redação
Atualizado em 10/01/2017 às 19:47
Foto: Divulgação/Polícia Civil - (Arte: Nestor Carrera/Aratu Online)

A polícia divulgou a foto do montador de móveis Adelson dos Santos Moreira Ramo, vizinho da costureira Ivonete de Souza Santos, de 45 anos, morta em 1º de janeiro deste ano, no bairro de Cajazeiras. Ele e mais oito pessoas são apontados como responsáveis pelo crime, de acordo com as investigações do Departamento de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP).

Segundo o delegado José Mario Mota, titular da 2ª Delegacia de Homicídios disse que a polícia já tentou prender o suspeito, mas ele conseguiu fugir. “Desde o momento em que tivemos certeza do envolvimento de Adelson no homicídio tentamos prendê-lo em flagrante, mas ele já havia fugido. Por isso, foi solicitada a prisão dele à Justiça, que concedeu a temporária”, explica o delegado.

LEIA MAIS: CRIME DE FEMINICÍDIO: Mulher é torturada e morta por oito homens em Cajazeiras

LEIA MAIS: Mulher assassinada por vizinhos em Cajazeiras é enterrada nesta terça no interior da Bahia

A polícia também está trabalhando na identificação dos comparsas do montador de móveis.

Qualquer informação sobre o paradeiro de Adelson, bem como sobre os demais envolvidos no crime, pode ser compartilhada com a polícia por meio do Disque Denúncia 3235-0000 ou pelo aplicativo SIPP, do DHPP, disponível nas lojas de aplicativos para Android e IOS. O anonimato é garantido.

Acompanhe nossas transmissões ao vivo e conteúdos exclusivos na página facebook.com/aratuonline e também pelo youtube.com/televisaoaratu.

Rua Pedro Gama, 31, Federação. Tel: 71 3339-8088 - Salvador - BA
X

CAJAZEIRAS: Polícia divulga foto de um dos oito suspeitos de terem matado costureira

Fonte: Da redação
Atualizado em 10/01/2017 às 19:47

A polícia divulgou a foto do montador de móveis Adelson dos Santos Moreira Ramo, vizinho da costureira Ivonete de Souza Santos, de 45 anos, morta em 1º de janeiro deste ano, no bairro de Cajazeiras. Ele e mais oito pessoas são apontados como responsáveis pelo crime, de acordo com as investigações do Departamento de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP).

Segundo o delegado José Mario Mota, titular da 2ª Delegacia de Homicídios disse que a polícia já tentou prender o suspeito, mas ele conseguiu fugir. “Desde o momento em que tivemos certeza do envolvimento de Adelson no homicídio tentamos prendê-lo em flagrante, mas ele já havia fugido. Por isso, foi solicitada a prisão dele à Justiça, que concedeu a temporária”, explica o delegado.

LEIA MAIS: CRIME DE FEMINICÍDIO: Mulher é torturada e morta por oito homens em Cajazeiras

LEIA MAIS: Mulher assassinada por vizinhos em Cajazeiras é enterrada nesta terça no interior da Bahia

A polícia também está trabalhando na identificação dos comparsas do montador de móveis.

Qualquer informação sobre o paradeiro de Adelson, bem como sobre os demais envolvidos no crime, pode ser compartilhada com a polícia por meio do Disque Denúncia 3235-0000 ou pelo aplicativo SIPP, do DHPP, disponível nas lojas de aplicativos para Android e IOS. O anonimato é garantido.

Acompanhe nossas transmissões ao vivo e conteúdos exclusivos na página facebook.com/aratuonline e também pelo youtube.com/televisaoaratu.