ESPECIAL LULA CONDENADO: “Agonizando, o Brasil parece reagir bem aos meninos de Curitiba”

Da redação
Atualizado em 16/07/2017 às 12:55
ESPECIAL LULA CONDENADO: "Agonizando, o Brasil parece reagir bem aos meninos de Curitiba” Foto: Arte - Leow Lopes

Diante da condenação do ex-presidente Lula na Justiça, o Aratu Online convidou diversos atores sociais a se manifestar sobre o assunto. A pergunta é simples. A condenação de Lula foi justa?

Os primeiros textos já publicados podem ser lidos nos links abaixo.

LEIA MAIS: ESPECIAL LULA CONDENADO: “Agora já posso encher a boca para falar. Lula é um bandido”

LEIA MAIS: ESPECIAL LULA CONDENADO: “A prisão representa mais um degrau da escalada do Brasil pós-golpe”

Quem escreve neste domingo (16/7) é o advogado Paulo Marcus Quintela de Almeida, favorável à condenação do ex-presidente. Segundo Paulo,  “o famoso tríplex já figurou nas declarações de imposto de renda de Lula! A Receita Federal apenas homologa as declarações dos contribuintes; logo, Lula de livre e espontânea vontade comunicou ao fisco nacional que aquele bem imóvel compunha o seu acervo patrimonial”.

O texto é de inteiro teor do articulista convidado e este portal não se responsabiliza pelas opiniões aqui expressadas.

Boa leitura!

***

Sim, às vésperas do último dia 13, eis que o país toma conhecimento de uma inédita condenação: a de um ex-presidente da república. Sempre indissociável do Partido dos Trabalhadores (PT), o 13, agora, parece que se voltou contra a referida legenda. Vejamos: qual o juízo que regularmente processou Lula? O Juízo Federal da 13ª Vara Federal de Curitiba – PR. Somando-se os algarismos que perfazem o número de páginas da Sentença condenatória, a saber: 238, qual o total encontrado? 13 (2+3+8)… Lula recorrerá (13 letras), é verdade, em liberdade, mas parcela significativa do Brasil regozija-se pura e simplesmente com a condenação daquele. O restante entoa o discurso exaustivo de que “não há as provas (13 letras)”, ou o mais batido ainda de que o juiz federal Sérgio Moro “comete um golpe (13 letras)” contra aquele que se declarava a viva alma mais honesta do país.

O dia 12 de julho deste ano será sempre lembrado como o dia em que milhares de brasileiros soltaram aquele brado que havia tempo estava preso: o país tem jeito, e, ao que tudo indica, o tradicional jeitinho está com os dias contados.

Paulo Almeida lembra que o próprio Lula admitiu o triplex em sua declaração de Imposto de Renda

Há uma mudança comportamental observada na maior parte da sociedade, a qual não se conforma mais com o triunfo dos ímpios e com o crescimento num patamar nunca antes visto de corrupção. Tal como um cancro que destrói silenciosamente um organismo vivo, assim é o impacto da corrupção experimentada por um país: os serviços públicos não funcionam, não há segurança jurídica, há descrédito nas instituições por parte da população, não há investimentos internos para a produção de riquezas, nem investimentos externos… Agonizando na UTI, o Brasil parece reagir bem a um novo tratamento, baseado numa atuação irretocável dos “meninos de Curitiba”, do juiz federal Sérgio Moro, dos delegados e agentes federais, enfim, de todos aqueles que são movidos pela vontade irrefreável de ver o seu país passado a limpo.

O ex-presidente Lula foi condenado pelos crimes de lavagem e de corrupção passiva, cujas penas foram fixadas em nove anos e seis meses de reclusão, bem como lhe foi decretada a interdição para o exercício de cargo ou função pública, pelo dobro do prazo da pena privativa de liberdade. Cabe recurso, como já dito, e ele o fará em liberdade, mas a condenação em primeira instância restaura de pronto a confiança em relevantes instituições, tais como a Polícia Federal, o Ministério Público Federal e a Justiça Federal.

Veja vídeo que explica o passo a passo da condenação de Lula:

Os defensores de expoente mor do PT insistem na falta de provas, mas isso procede? À pergunta, imperiosa se faz a negativa: o famoso tríplex já figurou nas declarações de imposto de renda de Lula! A Receita Federal apenas homologa as declarações dos contribuintes; logo, Lula de livre e espontânea vontade comunicou ao fisco nacional que aquele bem imóvel compunha o seu acervo patrimonial. Com o avanço das investigações no âmbito da Operação Lava Jato, tratou de aliená-lo e, na sequência, a dizer que nunca foi proprietário do dito imóvel. Já era tarde: o estrago estava feito, e a verdade se fez presente!

Há outros processos tramitando contra o ex-presidente Lula. E talvez surjam mais, frutos de delações em sede de colaborações premiadas. Que venham mais condenações, cujas penas em anos sejam equivalentes ao produto de 13 vezes 13. Que além dele, que todos os que cometeram delitos contra a pátria amada sejam julgados e condenados em razão de seus crimes. Não há mais espaço: vamos acabar com a corrupção. Lula será preso? A resposta será dada pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região. Aproveitando, aquela indagação também tem 13 letras…

Paulo Marcus Quintela de Almeida, 41, é advogado.

Acompanhe nossas transmissões ao vivo e conteúdos exclusivos no www.aratuonline.com.br/aovivo, na página facebook.com/aratuonline.

Rua Pedro Gama, 31, Federação. Tel: 71 3339-8088 - Salvador - BA
X

ESPECIAL LULA CONDENADO: “Agonizando, o Brasil parece reagir bem aos meninos de Curitiba”

Fonte: Da redação
Atualizado em 16/07/2017 às 12:56
ESPECIAL LULA CONDENADO: "Agonizando, o Brasil parece reagir bem aos meninos de Curitiba”

Diante da condenação do ex-presidente Lula na Justiça, o Aratu Online convidou diversos atores sociais a se manifestar sobre o assunto. A pergunta é simples. A condenação de Lula foi justa?

Os primeiros textos já publicados podem ser lidos nos links abaixo.

LEIA MAIS: ESPECIAL LULA CONDENADO: “Agora já posso encher a boca para falar. Lula é um bandido”

LEIA MAIS: ESPECIAL LULA CONDENADO: “A prisão representa mais um degrau da escalada do Brasil pós-golpe”

Quem escreve neste domingo (16/7) é o advogado Paulo Marcus Quintela de Almeida, favorável à condenação do ex-presidente. Segundo Paulo,  “o famoso tríplex já figurou nas declarações de imposto de renda de Lula! A Receita Federal apenas homologa as declarações dos contribuintes; logo, Lula de livre e espontânea vontade comunicou ao fisco nacional que aquele bem imóvel compunha o seu acervo patrimonial”.

O texto é de inteiro teor do articulista convidado e este portal não se responsabiliza pelas opiniões aqui expressadas.

Boa leitura!

***

Sim, às vésperas do último dia 13, eis que o país toma conhecimento de uma inédita condenação: a de um ex-presidente da república. Sempre indissociável do Partido dos Trabalhadores (PT), o 13, agora, parece que se voltou contra a referida legenda. Vejamos: qual o juízo que regularmente processou Lula? O Juízo Federal da 13ª Vara Federal de Curitiba – PR. Somando-se os algarismos que perfazem o número de páginas da Sentença condenatória, a saber: 238, qual o total encontrado? 13 (2+3+8)… Lula recorrerá (13 letras), é verdade, em liberdade, mas parcela significativa do Brasil regozija-se pura e simplesmente com a condenação daquele. O restante entoa o discurso exaustivo de que “não há as provas (13 letras)”, ou o mais batido ainda de que o juiz federal Sérgio Moro “comete um golpe (13 letras)” contra aquele que se declarava a viva alma mais honesta do país.

O dia 12 de julho deste ano será sempre lembrado como o dia em que milhares de brasileiros soltaram aquele brado que havia tempo estava preso: o país tem jeito, e, ao que tudo indica, o tradicional jeitinho está com os dias contados.

Paulo Almeida lembra que o próprio Lula admitiu o triplex em sua declaração de Imposto de Renda

Há uma mudança comportamental observada na maior parte da sociedade, a qual não se conforma mais com o triunfo dos ímpios e com o crescimento num patamar nunca antes visto de corrupção. Tal como um cancro que destrói silenciosamente um organismo vivo, assim é o impacto da corrupção experimentada por um país: os serviços públicos não funcionam, não há segurança jurídica, há descrédito nas instituições por parte da população, não há investimentos internos para a produção de riquezas, nem investimentos externos… Agonizando na UTI, o Brasil parece reagir bem a um novo tratamento, baseado numa atuação irretocável dos “meninos de Curitiba”, do juiz federal Sérgio Moro, dos delegados e agentes federais, enfim, de todos aqueles que são movidos pela vontade irrefreável de ver o seu país passado a limpo.

O ex-presidente Lula foi condenado pelos crimes de lavagem e de corrupção passiva, cujas penas foram fixadas em nove anos e seis meses de reclusão, bem como lhe foi decretada a interdição para o exercício de cargo ou função pública, pelo dobro do prazo da pena privativa de liberdade. Cabe recurso, como já dito, e ele o fará em liberdade, mas a condenação em primeira instância restaura de pronto a confiança em relevantes instituições, tais como a Polícia Federal, o Ministério Público Federal e a Justiça Federal.

Veja vídeo que explica o passo a passo da condenação de Lula:

Os defensores de expoente mor do PT insistem na falta de provas, mas isso procede? À pergunta, imperiosa se faz a negativa: o famoso tríplex já figurou nas declarações de imposto de renda de Lula! A Receita Federal apenas homologa as declarações dos contribuintes; logo, Lula de livre e espontânea vontade comunicou ao fisco nacional que aquele bem imóvel compunha o seu acervo patrimonial. Com o avanço das investigações no âmbito da Operação Lava Jato, tratou de aliená-lo e, na sequência, a dizer que nunca foi proprietário do dito imóvel. Já era tarde: o estrago estava feito, e a verdade se fez presente!

Há outros processos tramitando contra o ex-presidente Lula. E talvez surjam mais, frutos de delações em sede de colaborações premiadas. Que venham mais condenações, cujas penas em anos sejam equivalentes ao produto de 13 vezes 13. Que além dele, que todos os que cometeram delitos contra a pátria amada sejam julgados e condenados em razão de seus crimes. Não há mais espaço: vamos acabar com a corrupção. Lula será preso? A resposta será dada pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região. Aproveitando, aquela indagação também tem 13 letras…

Paulo Marcus Quintela de Almeida, 41, é advogado.

Acompanhe nossas transmissões ao vivo e conteúdos exclusivos no www.aratuonline.com.br/aovivo, na página facebook.com/aratuonline.