Em forma? Veja 13 jogadores que brigaram com a balança durante as férias

Portal Uol
Atualizado em 11/01/2017 às 21:19
Foto: Carlos Costa/Agência Estado

Durante as férias a gente tende a ficar mais relaxado e a comer mais.

E tá pensando que com os atletas é diferente? Nada! Nem eles escampam… Confira os jogadores que brigaram com a balança e ganharam peso nesse período:

1. Thalles

Reprodução/Twitter, Reprodução/VascoTV

Reprodução/Twitter, Reprodução/VascoTV

A simples imagem da forma física de Thalles já foi o suficiente para revoltar torcedores do Vasco na volta do time aos treinos no começo de 2017. Para piorar, repercutiu nas redes sociais uma foto dele aproveitando as férias em um churrasco na piscina. O assunto não é novo: em 2015, o atacante chegou a levar uma bronca em público do ex-técnico Jorginho por causa do excesso de peso. Thalles reagiu e foi decisivo na reta final da Série B. Será que ele vai dar a volta por cima mais uma vez?

2. Walter

Fernando Cazares/Photocamera

O habilidoso atacante sempre teve fama de gordinho – quando chegou ao Fluminense, estava com 106 quilos em janeiro de 2014. E não foi desta vez que ele resolveu maneirar nas festas de fim de ano. Na reapresentação ao Goiás, admitiu estar oito quilos acima do peso e avisou que será difícil jogar na estreia do time no Estadual. Foi cornetado até pelo ex-chefe: “Infelizmente, este moço terá vida curta de jogador, de atleta nunca teve”, escreveu no Facebook o presidente do Atlético-PR, Mario Cesar Petraglia.

LEIA MAIS: ‘BAHÊA SOU EU’: Filho de Saulo quer fugir da sombra do pai e luta para consolidar carreira como jogador de futebol profissional

3. Márcio

Achou que o Walter está gordinho depois das férias? O que dizer então do goleiro Márcio, seu companheiro no Goiás? A foto dos dois juntos na reapresentação do time foi um prato cheio para as redes sociais. “É lamentável que tenha ocorrido, não esperávamos por isso, mas para toda doença tem um remédio e ele já está sendo prescrito para esses atletas”, disparou o presidente Sérgio Rassi.

LEIA MAIS: FÉRIAS OSTENTAÇÃO: 4 motivos para o verão de Anitta ser melhor que o seu

4. Higuaín

Justin Tallis/AFP

A diretoria da Juventus não gostou de ver sua contratação mais cara entrar em campo visivelmente acima do peso no começo da temporada. O argentino logo teve que entrar nos trilhos e seguir uma dieta rigorosa para entrar em forma – afinal, custou R$ 320 milhões ao clube italiano. Não foi a primeira vez que Higuaín voltou das férias com físico avantajado: o mesmo problema já havia acontecido no Napoli e no Real Madrid.

5. Alan Mineiro

Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians

Depois de se destacar na Série B de 2015 no Bragantino, o meia foi contratado pelo Corinthians por cerca de R$ 1 milhão. O problema é que ele se apresentou com cinco quilos a mais e decepcionou o técnico Tite na pré-temporada nos Estados Unidos. Demorou três meses para ter sua primeira chance como titular e não conseguiu se firmar no time. Acabou emprestado ao América-MG. Neste ano, disputará o Paulistão pela Ferroviária.

LEIA MAIS: “TÁ SALGADO”: Em janeiro, ingressos dos ensaios de verão compram cinco cestas básicas… e sobra

6. Deivid

Alex Carvalho/UOL

O atacante teve dificuldades na sua volta ao futebol brasileiro após quatro anos no Fenerbahce, da Turquia. No fim da temporada europeia, na metade de 2010, pegou 45 dias de férias. Ainda sem saber que seria contratado pelo Flamengo, abusou um pouco. Admitiu ter exagerado no refrigerante e na churrascaria, e chegou ao rubro-negro com oito quilos a mais. Mesmo assim, virou titular, mas o time brigou para não cair no Brasileirão daquele ano.

7. Adriano

Bernardo Monteiro/Vipcomm

No começo de 2012, Adriano se reapresentava ao Corinthians com apenas um quilo a mais em relação ao começo das férias. O problema é que ele já estava acima do peso, e não cumpriu a agenda de treinamentos solicitada pelo clube durante o período de folga. Chegou a esboçar uma recuperação, e até participou de três jogos no Paulistão daquele ano. Mas, depois de se recusar a subir na balança durante um treino, irritou o técnico Tite e acabou concordando em rescindir o contrato com o clube. Dias depois, seria apresentado no Flamengo com esta silhueta.

LEIA MAIS: FIM DO MISTÉRIO: Polícia identifica e divulga fotos dos autores da morte de Valdir Cabeleireiro

8. Ronaldo

Reprodução/The Sun

Reprodução/The Sun

O peso do “Fenômeno” é assunto polêmico desde a Copa de 2006, quando se apresentou à seleção brasileira fora de forma. Em 2008, ele tinha acabado de deixar o Milan e estava sem clube quando foi fotografado acima do peso durante as férias de julho em Ibiza. Depois disso, chegou a treinar no Flamengo para tratar sua lesão no joelho, mas acabaria assinando com o Corinthians em dezembro daquele ano.

9. Ronaldinho

Reprodução/Marca

Reprodução/Marca

Em fevereiro de 2007, Ronaldinho Gaúcho foi o mais criticado do Barcelona depois da derrota para o Liverpool pela Liga dos Campeões. Ele havia se reapresentado fora de forma e foi chamado de “gordo” pela imprensa espanhola. ”Algumas festas, estresse, cansaço de uma vida dominada pelo esforço coletivo de seus irmãos”, justificou o jornal As. Não demoraria muito para ele acertar sua transferência para o Milan.

LEIA MAIS:

10. Maxi Lopez

Reprodução/Sport

Reprodução/Sport

O atacante ex-Grêmio se empolgou nas férias do começo do ano passado e se reapresentou ao Torino com 97 quilos. Não foi nem relacionado para o primeiro compromisso do ano. O técnico avisou que só voltaria a contar com ele quando perdesse pelo menos cinco quilos. Maxi até voltou a jogar, mas seria criticado novamente pelo treinador Sinisa Mihajlovic após um empate sem gols contra o Empoli em setembro: ”Parece carregar uma máquina de lavar nas costas”.

11. Rooney

Reuters

 

O inglês nunca negou que tem facilidade para ganhar peso. Na volta das férias do futebol europeu em 2012, ele admitiu que teve de trabalhar dobrado para perder três quilos antes de se reapresentar ao Manchester United. No começo da atual temporada, foi alvo das críticas do comentarista Paul Parker, ex-jogador dos Red Devils. Para ele, Rooney estava “lento e acima do peso” em seu retorno depois das férias.

12. Cassano

Denis Doyle/Getty Images

O italiano foi destaque nos jornais espanhóis em julho de 2006 depois de se reapresentar fora de forma ao técnico Fabio Capello, do Real Madrid. Ele tinha acabado de chegar de um período de 53 dias de férias. “Comida, sexo e futebol são as melhores coisas da vida”, confessou anos mais tarde. Já na Sampdoria, em 2015, voltou a sofrer com peso em sua volta aos gramados depois de ficar sete meses sem jogar por causa da falência da Parma, seu time anterior.

13. Eero Markkanen

Divulgação

 

Nenhum dos jogadores listados anteriormente chegou perto da façanha deste atacante finlandês, que era uma aposta de Zidane no time B do Real Madrid. Depois das férias de 2015, ele se reapresentou com 18 kg acima do peso normal, e acabou sendo dispensado pelo clube. Markkanen ainda ironizou, publicando uma foto modificada do seu rosto com a legenda “fim de uma carreira”. Acabou voltando para o AIK, da Suécia.

Acompanhe nossas transmissões ao vivo e conteúdos exclusivos na página facebook.com/aratuonline e também pelo youtube.com/televisaoaratu.

Rua Pedro Gama, 31, Federação. Tel: 71 3339-8088 - Salvador - BA

Em forma? Veja 13 jogadores que brigaram com a balança durante as férias

Fonte: Portal Uol
Atualizado em 11/01/2017 às 21:19

Durante as férias a gente tende a ficar mais relaxado e a comer mais.

E tá pensando que com os atletas é diferente? Nada! Nem eles escampam… Confira os jogadores que brigaram com a balança e ganharam peso nesse período:

1. Thalles

Reprodução/Twitter, Reprodução/VascoTV

Reprodução/Twitter, Reprodução/VascoTV

A simples imagem da forma física de Thalles já foi o suficiente para revoltar torcedores do Vasco na volta do time aos treinos no começo de 2017. Para piorar, repercutiu nas redes sociais uma foto dele aproveitando as férias em um churrasco na piscina. O assunto não é novo: em 2015, o atacante chegou a levar uma bronca em público do ex-técnico Jorginho por causa do excesso de peso. Thalles reagiu e foi decisivo na reta final da Série B. Será que ele vai dar a volta por cima mais uma vez?

2. Walter

Fernando Cazares/Photocamera

O habilidoso atacante sempre teve fama de gordinho – quando chegou ao Fluminense, estava com 106 quilos em janeiro de 2014. E não foi desta vez que ele resolveu maneirar nas festas de fim de ano. Na reapresentação ao Goiás, admitiu estar oito quilos acima do peso e avisou que será difícil jogar na estreia do time no Estadual. Foi cornetado até pelo ex-chefe: “Infelizmente, este moço terá vida curta de jogador, de atleta nunca teve”, escreveu no Facebook o presidente do Atlético-PR, Mario Cesar Petraglia.

LEIA MAIS: ‘BAHÊA SOU EU’: Filho de Saulo quer fugir da sombra do pai e luta para consolidar carreira como jogador de futebol profissional

3. Márcio

Achou que o Walter está gordinho depois das férias? O que dizer então do goleiro Márcio, seu companheiro no Goiás? A foto dos dois juntos na reapresentação do time foi um prato cheio para as redes sociais. “É lamentável que tenha ocorrido, não esperávamos por isso, mas para toda doença tem um remédio e ele já está sendo prescrito para esses atletas”, disparou o presidente Sérgio Rassi.

LEIA MAIS: FÉRIAS OSTENTAÇÃO: 4 motivos para o verão de Anitta ser melhor que o seu

4. Higuaín

Justin Tallis/AFP

A diretoria da Juventus não gostou de ver sua contratação mais cara entrar em campo visivelmente acima do peso no começo da temporada. O argentino logo teve que entrar nos trilhos e seguir uma dieta rigorosa para entrar em forma – afinal, custou R$ 320 milhões ao clube italiano. Não foi a primeira vez que Higuaín voltou das férias com físico avantajado: o mesmo problema já havia acontecido no Napoli e no Real Madrid.

5. Alan Mineiro

Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians

Depois de se destacar na Série B de 2015 no Bragantino, o meia foi contratado pelo Corinthians por cerca de R$ 1 milhão. O problema é que ele se apresentou com cinco quilos a mais e decepcionou o técnico Tite na pré-temporada nos Estados Unidos. Demorou três meses para ter sua primeira chance como titular e não conseguiu se firmar no time. Acabou emprestado ao América-MG. Neste ano, disputará o Paulistão pela Ferroviária.

LEIA MAIS: “TÁ SALGADO”: Em janeiro, ingressos dos ensaios de verão compram cinco cestas básicas… e sobra

6. Deivid

Alex Carvalho/UOL

O atacante teve dificuldades na sua volta ao futebol brasileiro após quatro anos no Fenerbahce, da Turquia. No fim da temporada europeia, na metade de 2010, pegou 45 dias de férias. Ainda sem saber que seria contratado pelo Flamengo, abusou um pouco. Admitiu ter exagerado no refrigerante e na churrascaria, e chegou ao rubro-negro com oito quilos a mais. Mesmo assim, virou titular, mas o time brigou para não cair no Brasileirão daquele ano.

7. Adriano

Bernardo Monteiro/Vipcomm

No começo de 2012, Adriano se reapresentava ao Corinthians com apenas um quilo a mais em relação ao começo das férias. O problema é que ele já estava acima do peso, e não cumpriu a agenda de treinamentos solicitada pelo clube durante o período de folga. Chegou a esboçar uma recuperação, e até participou de três jogos no Paulistão daquele ano. Mas, depois de se recusar a subir na balança durante um treino, irritou o técnico Tite e acabou concordando em rescindir o contrato com o clube. Dias depois, seria apresentado no Flamengo com esta silhueta.

LEIA MAIS: FIM DO MISTÉRIO: Polícia identifica e divulga fotos dos autores da morte de Valdir Cabeleireiro

8. Ronaldo

Reprodução/The Sun

Reprodução/The Sun

O peso do “Fenômeno” é assunto polêmico desde a Copa de 2006, quando se apresentou à seleção brasileira fora de forma. Em 2008, ele tinha acabado de deixar o Milan e estava sem clube quando foi fotografado acima do peso durante as férias de julho em Ibiza. Depois disso, chegou a treinar no Flamengo para tratar sua lesão no joelho, mas acabaria assinando com o Corinthians em dezembro daquele ano.

9. Ronaldinho

Reprodução/Marca

Reprodução/Marca

Em fevereiro de 2007, Ronaldinho Gaúcho foi o mais criticado do Barcelona depois da derrota para o Liverpool pela Liga dos Campeões. Ele havia se reapresentado fora de forma e foi chamado de “gordo” pela imprensa espanhola. ”Algumas festas, estresse, cansaço de uma vida dominada pelo esforço coletivo de seus irmãos”, justificou o jornal As. Não demoraria muito para ele acertar sua transferência para o Milan.

LEIA MAIS:

10. Maxi Lopez

Reprodução/Sport

Reprodução/Sport

O atacante ex-Grêmio se empolgou nas férias do começo do ano passado e se reapresentou ao Torino com 97 quilos. Não foi nem relacionado para o primeiro compromisso do ano. O técnico avisou que só voltaria a contar com ele quando perdesse pelo menos cinco quilos. Maxi até voltou a jogar, mas seria criticado novamente pelo treinador Sinisa Mihajlovic após um empate sem gols contra o Empoli em setembro: ”Parece carregar uma máquina de lavar nas costas”.

11. Rooney

Reuters

 

O inglês nunca negou que tem facilidade para ganhar peso. Na volta das férias do futebol europeu em 2012, ele admitiu que teve de trabalhar dobrado para perder três quilos antes de se reapresentar ao Manchester United. No começo da atual temporada, foi alvo das críticas do comentarista Paul Parker, ex-jogador dos Red Devils. Para ele, Rooney estava “lento e acima do peso” em seu retorno depois das férias.

12. Cassano

Denis Doyle/Getty Images

O italiano foi destaque nos jornais espanhóis em julho de 2006 depois de se reapresentar fora de forma ao técnico Fabio Capello, do Real Madrid. Ele tinha acabado de chegar de um período de 53 dias de férias. “Comida, sexo e futebol são as melhores coisas da vida”, confessou anos mais tarde. Já na Sampdoria, em 2015, voltou a sofrer com peso em sua volta aos gramados depois de ficar sete meses sem jogar por causa da falência da Parma, seu time anterior.

13. Eero Markkanen

Divulgação

 

Nenhum dos jogadores listados anteriormente chegou perto da façanha deste atacante finlandês, que era uma aposta de Zidane no time B do Real Madrid. Depois das férias de 2015, ele se reapresentou com 18 kg acima do peso normal, e acabou sendo dispensado pelo clube. Markkanen ainda ironizou, publicando uma foto modificada do seu rosto com a legenda “fim de uma carreira”. Acabou voltando para o AIK, da Suécia.

Acompanhe nossas transmissões ao vivo e conteúdos exclusivos na página facebook.com/aratuonline e também pelo youtube.com/televisaoaratu.