A SAGA: Vitória empata com o Fluminense dentro de casa e pode continuar no Z4 do Brasileirão

Da redação
Atualizado em 11/09/2017 às 8:48
Foto: divulgação/EC Vitória

O Vitória empatou por 2×2 com o Fluminense pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro. Jogando no Barradão, na tarde deste domingo (10/9), o time de Vágner Mancini dominou o primeiro tempo, cedeu a virada e conseguiu o empate.

O time da casa foi melhor no primeiro tempo e criou várias oportunidades. A primeira delas aconteceu logo aos sete minutos após contra-ataque puxado por Neílton. A zaga do Fluminense, porém, conseguiu resvalar e colocar para a linha de fundo. Aos 15, Tréllez invadiu a área sozinho, mas chutou à esquerda do goleiro Júlio César.

O Leão continuava pressionando e quase abre o placar aos 44 minutos quando Patrick cruzou a bola da direita, mas ela passou por todo mundo. Um minuto depois, em jogada semelhante à anterior, o lateral improvisado de meio-campo cruzou, a bola resvalou na zaga e sobrou para Neílton, sozinho, tocar para as redes na saída de Júlio César.

LEIA MAIS: ATENTADO: Jovem morre e outras três pessoas são baleadas dentro de casa de shows em Salvador 

Na segunda etapa, o Fluminense empatou com Wendel depois que Lucas cobrou lateral e achou Henrique Dourado. O atacante ganhou de Kanu e chutou. Fernando Miguel defendeu parcialmente e a bola sobrou para o jovem. A partir do empate, o confronto ficou mais “morno” e ganhou mais emoção na segunda metade da etapa complementar.

Aos 18 minutos, Caíque Sá cruzou e achou Neílton na marca do pênalti. Ele chutou de primeira, mas a bola ficou com o goleiro Júlio César. Dez minutos mais tarde, o time carioca perdeu um jogador, expulso. Robinho, que ficou pouco mais de um minuto em campo, pisou na perna do adversário e recebeu cartão vermelho.

Aos 34, Patrick perdeu uma boa oportunidade após Caíque fazer uma excelente jogada e tocar para ele, que, sozinho, desperdiçou. Aos 41, Kanu subiu mais que todo mundo e tocou a bola com a cabeça, mas ela bateu na trave. Aos 42, Caíque Sá derrubou Wellington Silva na área. Henrique Dourado converteu o pênalti e virou o marcador. Já no final da partida, aos 48 minutos, Kanu fez o gol de empate após bola cruzada na área.

O Vitória, agora, recebe o São Paulo também no Barradão às 16h do próximo domingo (17/9). Com o empate diante do Fluminense, o rubro-negro pode fechar a rodada na Zona de Rebaixamento do Brasileirão.

Acompanhe nossas transmissões ao vivo e conteúdos exclusivos na página facebook.com/aratuonline e também pelo youtube.com/televisaoaratu.

*Publicada originalmente às 17h57 (10/9)

Rua Pedro Gama, 31, Federação. Tel: 71 3339-8088 - Salvador - BA
X

A SAGA: Vitória empata com o Fluminense dentro de casa e pode continuar no Z4 do Brasileirão

Fonte: Da redação
Atualizado em 11/09/2017 às 8:54

O Vitória empatou por 2×2 com o Fluminense pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro. Jogando no Barradão, na tarde deste domingo (10/9), o time de Vágner Mancini dominou o primeiro tempo, cedeu a virada e conseguiu o empate.

O time da casa foi melhor no primeiro tempo e criou várias oportunidades. A primeira delas aconteceu logo aos sete minutos após contra-ataque puxado por Neílton. A zaga do Fluminense, porém, conseguiu resvalar e colocar para a linha de fundo. Aos 15, Tréllez invadiu a área sozinho, mas chutou à esquerda do goleiro Júlio César.

O Leão continuava pressionando e quase abre o placar aos 44 minutos quando Patrick cruzou a bola da direita, mas ela passou por todo mundo. Um minuto depois, em jogada semelhante à anterior, o lateral improvisado de meio-campo cruzou, a bola resvalou na zaga e sobrou para Neílton, sozinho, tocar para as redes na saída de Júlio César.

LEIA MAIS: ATENTADO: Jovem morre e outras três pessoas são baleadas dentro de casa de shows em Salvador 

Na segunda etapa, o Fluminense empatou com Wendel depois que Lucas cobrou lateral e achou Henrique Dourado. O atacante ganhou de Kanu e chutou. Fernando Miguel defendeu parcialmente e a bola sobrou para o jovem. A partir do empate, o confronto ficou mais “morno” e ganhou mais emoção na segunda metade da etapa complementar.

Aos 18 minutos, Caíque Sá cruzou e achou Neílton na marca do pênalti. Ele chutou de primeira, mas a bola ficou com o goleiro Júlio César. Dez minutos mais tarde, o time carioca perdeu um jogador, expulso. Robinho, que ficou pouco mais de um minuto em campo, pisou na perna do adversário e recebeu cartão vermelho.

Aos 34, Patrick perdeu uma boa oportunidade após Caíque fazer uma excelente jogada e tocar para ele, que, sozinho, desperdiçou. Aos 41, Kanu subiu mais que todo mundo e tocou a bola com a cabeça, mas ela bateu na trave. Aos 42, Caíque Sá derrubou Wellington Silva na área. Henrique Dourado converteu o pênalti e virou o marcador. Já no final da partida, aos 48 minutos, Kanu fez o gol de empate após bola cruzada na área.

O Vitória, agora, recebe o São Paulo também no Barradão às 16h do próximo domingo (17/9). Com o empate diante do Fluminense, o rubro-negro pode fechar a rodada na Zona de Rebaixamento do Brasileirão.

Acompanhe nossas transmissões ao vivo e conteúdos exclusivos na página facebook.com/aratuonline e também pelo youtube.com/televisaoaratu.

*Publicada originalmente às 17h57 (10/9)