VENCENDO O CÂNCER: PARTE 2

Oi gente! Resolvi fazer um mega post sobre as novidades da minha saúde. Achei melhor assim pois todos que ficaram preocupados podem ler e entender.

——

Um dia, do nada, comecei a sentir uma dor pélvica que não passava. Fui para a emergência e, depois de uma bateria de exames, os médicos maravilhosos da Clínica AMO que foram me socorrer acharam melhor que eu operasse logo. Fiz tipo uma cesárea para a retirada dos ovários e tive que ir para a UTI, pois a entubação na cirurgia foi complicada. Sai do hospital com um diagnóstico de câncer de ovário, mas sem saber detalhes, pois tinham que fazer um exame mais apurado.
Passei mais de 15 dias me recuperando muito bem e na expectativa desse exame.
O resultado na última semana!
O que posso falar para vocês? Tive um câncer de ovário do tipo endométrioide. O que isso quer dizer? Um fragmento de endométrio foi parar no ovário e o tumor cresceu. Mas como assim se eu já não tenho útero desde 2014?
Várias perguntas ainda estão sem muitas respostas pois o meu teste genético não chegou. Pode ser algo do meu DNA? Pode. E pode ser algo do remédio que tomei (tamoxifeno)? Pode. Só esse exame vai dar a certeza.
Como isso aconteceu? Porque isso aconteceu?
Vamos esperar mais um pouco para saber isso.
O problema é o seguinte:
Eu tinha um linfonodo positivo. O que é isso? Os linfonodos são glândulas que temos em diversas partes do corpo e eles fazem com que os líquidos que produzimos circule. Um linfonodo ter sido infectado com a doença tem grande risco de levar algum fragmento dela pra outras partes do organismo.
E aí?
Por isso, vou fazer quimioterapia.

Eu estava agoniada antes sem saber o que seria feito! Mas agora, estou tranquila. Estou em boas mãos, bem orientada e já sei que esse tipo de quimioterapia que farei tem tudo para ser mais tranquila do que a de mama. Alguém tem dúvidas que vou tirar de letra? Eu não.
O que fazer? O que for preciso, mas levando a vida da melhor forma possível.
Vou continuar trabalhando e tocando tudo normalmente, com a certeza e fé que já deu tudo certo!

E importante: Não quero ninguém assustada achando que vai ter o mesmo que eu! Cada caso é um caso! Serve de alerta para trocar uma ideia com o médico de vocês!

Quero aproveitar a oportunidade para agradecer pessoas incríveis que estiveram comigo nesses últimos tempos: meus incansáveis pais, Dilson e Inez; toda minha família; meu amor Roddolfo Carvalho, o melhor companheiro que eu podia querer! A mais do que especial equipe da Clínica AMO, que correu para me ajudar no primeiro minuto que ficaram sabendo o que se passava! Se eu for citar alguém, posso deixar passar algum nome, mas sei de cada um que me ajudou! Da diretoria, corpo clínico, enfermagem, administrativo, e todos que demonstraram carinho por mim. Um beijo especial a minha super equipe: Bianca Artico e Andressa Mercuri, vcs arrasam!

Me sinto forte, protegida e acolhida por inúmeras pessoas. Essa força só cresce e vai fazer eu essa tenha sido mais uma batalha na minha guerra contra o câncer.

A quimioterapia deve começar em breve e vou contando as novidades através dos perfis do blog http://www.facebook.com/blogmaonamama e http://www.instagram.com/maonamama

Beijos

Paula

2 Comentários

2 respostas para “VENCENDO O CÂNCER: PARTE 2”

  1. Luciana Simas disse:

    Vai dar tudo certo!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *