10 MITOS E 10 VERDADES SOBRE O CÂNCER DE MAMA

Existe muito desconhecimento ainda sobre o câncer de mama e, pior, existe também muita “crendice” popular que podem terminar prejudicando o diagnóstico e o tratamento da doença. Listamos aqui 10 mitos sobre o câncer de mama:

>>> VERDADES

1. A terapia de reposição hormonal pode ser um fator de risco – Ela pode ser realizada, mas precisa haver um controle severo das taxas hormonais.
2. O câncer tem cura – principalmente se for descoberto nos estágios iniciais;
3. Amamentar protege o peito do câncer de mama – em pacientes não fumantes. Quando o bebê mama, as células mamárias ficam ocupadas com a produção de leite e se multiplicam menos, o que reduz o risco de contrair a doença.
4. Algumas mulheres da minha família tiveram câncer de mama. Por isso, corro mais riscos. – Sim. Sua família pode ser que nem a de Angelina Jolie, por exemplo, e ter uma mutação genética que favorece o aparecimento da doença;5. Quem menstrua muito cedo ou é mãe depois dos 30 anos tem maior probabilidade de desenvolver a doença. – Sim, porque a mulheres que menstruam mais cedo terão mais ciclos menstruais ao longo da vida, ficando mais expostas ao estrógeno, hormônio que propicia o desenvolvimento do câncer de mama. E  ter a primeira gravidez após os 30 anos é um dos fatores que aumenta o risco de desenvolver câncer de mama. Se a mulher engravida mais tarde, significa que ela menstruou mais vezes ao longo da vida e, assim, sofreu mais a ação do estrógeno sobre as mamas, o que pode propiciar o desenvolvimento do câncer.
6. Exercício físico diminui o risco de câncer de mama. A prática de exercícios físicos deve ser adotada para a vida toda. Ela ajuda no controle do peso, fator que também influencia no desenvolvimento de câncer de mama
7. Homem também tem câncer de mama. Dados do Instituto Nacional de Câncer (INCA) apontam que a proporção entre homens e mulheres é de 1 caso masculino para cada 100 casos femininos. A enfermidade se manifesta neles especialmente entre os 50 e os 60 anos
8. Quanto maior a idade, maiores as chances de desenvolvimento de um câncer. Verdade. Infelizmente, a maior incidência de casos é em pessoas acima dos 40 anos, mas isto não significa que jovens não estejam sujeitos à doença.
9. Beber, fumar e não praticar atividades periódicas aumentam o risco da doença. O álcool e o fumo fazem com que as células se multipliquem mais e assim, aumentando o risco da doença. A atividade física têm efeitos variados na prevenção do câncer, pois combate o sedentarismo, ajuda no controle do peso corporal, aumenta o bem-estar dando mais disposição para o trabalho ou outras atividades.
10. Usar anticoncepcionais aumenta o risco do câncer de mama. Sim, por conta do aumento das taxas hormonais no organismo!

 

>>> MITOS

1. O uso de antiinflamatórios diminui o risco de câncer de mama; Não existe comprovação cientifica.
2. O uso de desodorantes e outros cosméticos axilares aumenta o risco de câncer de mama; Não existe comprovação cientifica.
3. Emoções negativas como estresse, mágoas e raiva podem causar câncer; Não existe comprovação cientifica.
4. O consumo de chá verde diminui o risco de câncer de mama; Não existe comprovação cientifica.
5. Um tumor pode ser causado por um trauma, por exemplo, uma pancada durante uma batida de automóvel; Não existe relação. O trauma pode inflamar a região e, por causa dos exames e do tratamento, a doença pode terminar sendo descoberta.
6. Se eu faço o autoexame das mamas todos os meses não preciso fazer mamografia; Não. A mamografia pode detectar o tumor até 2 anos antes dele ser palpável;
7.O câncer de mama sempre aparece como um caroço; Não necessariamente. O caroço é o mais comum, mas pode aparecer também secreção sanguinolenta e alterações no aspecto das mamas.
8. Apenas mulheres com histórico de câncer de mama na família podem ter a doença; Apenas 5 a 10% dos casos são hereditários. Eu mesma tive câncer de mama sem histórico.
9. Mulheres com seios pequenos não têm câncer de mama; Sim. A doença ataca independente do tamanho do seio.
10. Sutiã apertado pode causar câncer de mama. Não existe relação e nem comprovação científica.

E você acredita em algum desses mitos? Já ouviu falar de outros?

O que você acha dos mitos e verdades?

Nenhum Comentário

Os comentários estão desativados.